Fotos IBP

Deus se importa comigo?

 

Esta é uma pergunta para a qual nem todos têm a mesma resposta, ou seja, pensando igualmente a respeito de Deus.

Para muitos que são céticos, descrentes, insensatos, a resposta é “não”, porque não creem na existência de Deus.

Os que creem na existência do Deus a que a Bíblia faz referência têm dificuldade de aceitar a interferência, a interação de Deus nas suas vidas, pelas seguintes razões:

1-     O mundo conturbado em que vivemos: violência, desamor, egoísmo etc.

2-     Os sofrimentos: com enfermidades, fomes, mortes pré-maturas, catástrofes etc.

3-     O avanço das ciências e da Física que põe em dúvida a veracidade da Bíblia e da existência de Deus etc.

Os que têm essa resposta negativa a respeito do interesse de Deus por nossas vidas precisam ser convencidos de que, realmente, Deus se importa em relacionar individualmente e pessoalmente conosco.

- A Bíblia, apesar de ter sido escrita por vários homens, foi inspirada por Deus, e nela há diretrizes e respostas para levar-nos ao conhecimento da existência de Deus e de sua vontade para conosco.

A maior prova disto, foi o envio de seu único Filho Jesus Cristo, para cumprir a Lei dada aos homens, pois estes não foram capazes de cumprir. Jesus deu-nos a vitória, através de Seu sangue derramado na cruz, para purificação de nossos pecados, e o direito de termos a vida eterna.

Apesar de sua luta, de seu sofrimento, dos problemas que podem estar presentes na sua vida, Deus se importa com você “sim”.

Jesus profetizou, em Mateus 24, que viriam sobre nós dores, tribulações nos finais dos tempos. Antes de sua volta ao céu nos preveniu de que passaríamos por aflições: “No mundo, passais por aflições; mas tende bom ânimo; eu venci o mundo” (João 16.33).

Esta pergunta que fizemos, “Deus se importa comigo?”, fizeram-na duas vezes para Jesus, em duas ocasiões distintas:

Jesus estava em um barco com seus discípulos e veio uma grande tempestade, Jesus estava dormindo, seus discípulos despertaram-nO dizendo: “Mestre, não te importas que pereçamos?” (Marcos 4.38); e a outra ocorreu quando Maria estava aos pés de Jesus ouvindo-O, veio sua irmã, Marta, até Jesus e disse-Lhe: “Senhor, não te importas de que minha irmã tenha deixado que eu fique a servir sozinha?” (Lucas 10. 40).

Nas duas ocasiões, porém, as respostas de Jesus foram amáveis, demonstrado o seu cuidado, sua amizade e seu amor.

Diante do que a Bíblia ensina, sabemos que Deus se importa, sim, conosco.

Deus é maior do que nossa incredulidade, maior do que nossos problemas e sofrimentos. Confiemos nEle e encontraremos descanso para nossas almas.

 

Pr. Osmar Bento